Logo-grupo-cimm

Antes que teu café esfrie!

 

 

Café na xícara

A vida tem mais sabor quando degustada na hora certa. Se provada antes do tempo adequado perderá o encanto e exporá a imaturidade de quem não aprendeu a conter-se frente aos impulsos da fome, dos instintos ou da ansiedade. Se provada depois do melhor momento evidenciará falta de respeito e desprestígio, por tudo aquilo que tenha sido preparado com apreço a alguém que, podendo chegar em tempo, optou por justificar o atraso. 

Que a ambição de se obter o máximo investindo o mínimo conduz tantos à loucura da hiperatividade é um fato. Acelera-se tudo e todos a fim de que múltiplos e simultâneos desafios sejam vencidos de uma só vez e a um mínimo custo. Deste modo, mais desafios poderão ser sobrepostos, contínua e incessantemente, gerando riquezas e mais riquezas, que os impostos hão de consumir enorme parte. Moto-perpétuo que suga todo o ânimo, toda a força e todo entusiasmo daqueles que, uma vez esgotados e vencidos pela idade, imediatamente, deverão ser repostos, pois o tempo urge, para tudo quanto possa manter o ritmo desse moderno método de escravidão, ou seja, a escravidão voluntária! O pior é que os cérebros descartados já não saberão mais o que fazer com a vida, quando a aposentadoria chegar!

Precisão, assertividade, profissionalismo, produtividade, competência, multifuncionalidade, diplomacia e liderança, sem dúvida consolidam um caminho a ser considerado e levado muito a sério para o êxito profissional, porém, este não deveria destruir as essências  da sensibilidade humana. Nada que venha a turvar os olhos, a obstruir os ouvidos, a congestionar o olfato, a insensibilizar o tato e a embrutecer a voz, para tudo quanto estiver no entorno e for essencial a uma vida bem vivida, deveria ser posto em prática! Cuide para não se esquecer da cor dos olhos dos teus filhos, abrace-os com mais frequência. Perceba o corte de cabelo, o perfume e o novo vestido de tua amada. Vá mais vezes ao cinema e ao teatro. Saia mais vezes para jantar e dançar. Escolha uma nova praia para conhecer. Não deixe que teus amigos parem de te convidar, por conta dos teus eternos compromissos profissionais inadiáveis. De mais presentes a si mesmo e surpreenda mais vezes a quem tu amas. Leia mais livros. Visite mais parentes e amigos, abra espaço em tua agenda para receber mais visitas. Não leve serviço para casa. Tua vida é demasiadamente curta para que a preenchas só com trabalho.

Ao tomar o seu café, lembre-se que um dia ele foi flor, depois um fruto verde a balançar com a brisa nas encostas de verdes montes. Pense que enrubesceu ao sol, que se banhou de chuva, que foi colhido, lavado, secado, guardado na tulha, depois ensacado e depois, descascado, torrado, moído e exalou suave e saboroso aroma por quilômetros ao redor da torrefação. Deu muito trabalho para quem o plantou, adubou, capinou e colheu. Dele saiu o sustento para tantas famílias humildes  do campo. Sim! Eles ainda existem; os roceiros, os campos, os montes e as plantações! Ainda existem peneiras e pilões! Sinta o aroma irresistível do café quentinho, saboreie cada gole na paz de alguns minutos de descanso que você tanto merece. Convide um amigo ou uma amiga da tua estima para compartilhar a nobre bebida. Converse por alguns minutos sobre amenidades e põe mais sabor na tua vida! Se for servir, capriche! Se for servido, aprecie, porém, não deixe que teu café esfrie na xícara, enquanto teu anfitrião te espera!

Marcondes                 17 de março de 2014            02:26

 

 

 

 

Gostou? Então compartilhe