Logo-grupo-cimm

Vantagens do vendedor elegante

Decisões comerciais, como gostariam todas as pessoas racionais, deveriam ser tomadas com base em números e fatos. Contudo, muitas vezes, não é isso o que ocorre. Em um mundo movido por emoções e vaidades, a beleza, a simpatia, a cultura e a elegância, ainda movem muitos corações e, por consequência, muitas decisões também. Embora o orgulho técnico de muitos não os permita ver, elegância ainda conta muito.

Há, contudo, nesse imenso mundo, pessoas obtendo grande sucesso em vendas, sem serem elegantes. É verdade! Porém, podem ser classificados mais no campo das exceções. Pense, por exemplo, em um vendedor desalinhado e inculto, porém, carismático. O carisma funciona como um tipo de licença poética para aquele que o possui. Pessoas carismáticas são fáceis de se gostar e, por conta disso, delas, se tolera quase tudo. Pois são pessoas cativantes e sedutoras, uma vez que possuem a dom de se fazerem queridas por todos.

E por que falar de elegância então? Porque a elegância também vende muito e é muito mais fácil ensinar alguém a ser elegante, do que ser carismático. Arrisco a dizer que o ‘carisma’ é algo nato; vem do berço, enquanto a elegância vem da escola!

O que é elegância?

Elegância sem dúvida tem muito a ver com a aparência física, com a higiene, com o modo de se vestir. Porém, não é só isso. Pois tem a ver também com a educação, a polidez, a gentileza, a cultura, a honestidade, a presteza, a sinceridade, a etiqueta empresarial, a moral e a ética, entre outras virtudes. É por meio do vendedor que um cliente tem a primeira impressão de um fornecedor.

Um vendedor grosseiro, malvestido, desorganizado, impaciente, desinformado, mal treinado; não contribuirá muito para o êxito da empresa que representa! Não basta você ser um ótimo profissional. Sua imagem deve corresponder ao estereótipo que as pessoas criam em seu imaginário, sobre quanto elegante deve ser um profissional, que represente uma marca líder de mercado!

Há vendedores tão focados no serviço, na parte técnica e em suas próprias prioridades, que se esquecem dos bons modos, da aparência e de considerar as reais necessidades do cliente. Todo cliente compra com base no que é importante para ele e não para o vendedor!

Um vendedor de calça amarrotada, camisa de cores berrantes e de número menor do que o corpo já exige e, portanto, com botões estrangulados; sapato sujo; com a gravata torta – curta ou longa demais; parte da fralda da camisa para fora da calça; mal hálito; pelos saindo para fora do nariz; cheirando a suor ou com perfume forte e extravagante; cabelo desalinhado; barba malfeita; vocabulário chulo e unhas sujas. Além disso, que fale alto demais; que se perde em assuntos supérfluos; que não leve em conta as prioridades e o tempo disponível do cliente; que promete e não cumpre; que não explora e sana todas as dúvidas desse; que marca horário e chega atrasado; que falta com respeito às recepcionistas e secretárias; que pede nota fiscal acima do valor da refeição; que rouba na quilometragem percorrida, nos relatórios de reembolso; que, para mostrar todo o seu potencial técnico, faz o cliente se sentir um idiota, entre tantos outros pequenos detalhes, com certeza é um vendedor muito deselegante. A não ser que trate com um comprador de mesma índole, é certeza absoluta que perderá espaço nas vendas! Toda pessoa elegante inspira mais confiança e confiança é uma das mais importantes bases da venda!

Marcondes, 05 de fevereiro de 2017       03:56

Gostou? Então compartilhe