Tag: Espiritualidade

O império das emoções!

Angels 2

IMAGEM MERAMENTE ILUSTRATIVA

É muito comum o homem ser lembrado como um animal racional, passando a ideia, ao menos a mim, de que, por este motivo, deveria ser, então, um ser equilibrado, que tudo vê, tudo sente, tudo observa, tudo analisa, tudo pondera e, na sequência, faz escolhas, toma decisões e age com base e em coerência com o bom uso da racionalidade.

Segundo o que pressuponho, deveria, pois, privilegiar o pleno equilíbrio, a justa medida, a ética, a moral, o respeito a si e ao próximo, os direitos e deveres de cada um e o bem estar da coletividade. Como animal “racional” provavelmente saberia que deve, sim, buscar sempre o melhor para si e para os seus, desde que, esse melhor não deteriore a estabilidade dos relacionamentos sociais do universo em que vive. Evitando, assim, tomar para si, aquilo que o justo mérito não lhe proporcione.

Agindo com base na razão, assumiria os louros de suas conquistas com naturalidade e sem qualquer ostentação, para com isso, evitar

Ler post completo

Teu deus está onde estiver o teu coração!

Jovem sensual

Li, certa vez, que aos anjos cabe toda a obediência espiritual, sob o mais elevado rigor cerimonial; enquanto aos animais cabe todo o prazer carnal sem a mínima preocupação com regras morais ou recomendações sociais de etiqueta.

Alocados em outra dimensão, já não cabe aos anjos submeterem-se às tentações terrenas como a luxúria, a gula, a avareza, a ira, a soberba, a vaidade e a preguiça. Por outro lado, desprovidos da razão, da ética e da espiritualidade, não há como, sob a égide da justiça e da sabedoria, imputar aos animais qualquer tipo de responsabilidade.

Entre essas duas entidades extremas, ou seja, os anjos e os animais, encontra-se o homem. Ao seu alcance estão, tanto a razão, quanto a espiritualidade. No entanto, na dimensão em que ele se estabelece, está sujeito a todo tipo de

Ler post completo