Logo-grupo-cimm

A vida tem lógica própria!

1 ABCÉ natural cada pessoa viver de acordo com sua respectiva lógica. A convicção de cada uma delas se forma a partir dos fascínios e decepções, da atenção e do desprezo, das alegrias e das tristezas, dos erros e dos acertos, das influências recebidas, das emoções que lhe arderam no peito, assim como, dos calafrios que lhe correram a espinha, do amor e da ira que lhe banharam a face em forma de lágrimas, das tentativas e erros, dos aplausos e vaias que tenha recebido, dos valores e credos que assumiu como válidos! Assim, a cada indivíduo corresponde uma certeza. Embora possa haver certa convergência em muitos tópicos relativos à moral e à ética de cada grupo social, é temeroso crer que… haja uma única verdade, ou mesmo que o universo, ou, em outras palavras, que a lógica de Deus, corresponda, cem por cento, ao que pensa o homem!

Não raro, definha-se mais pelos próprios temores do que pela realidade. Quantos não perderam seu grande amor, pelo excesso de medo de serem traídos, ou pelo exagero no cuidar, uma vez que temiam desagradar a quem imaginavam-se incapazes de viver sem a respectiva companhia . O medo de perder o emprego é tão grande que acaba tornando-se uma realidade. O receio de não obter o pedido, de ser reprovado no exame é tão imenso que paralisa todas as demais possibilidades e, assim, a autossugestão vence. O destino acaba seguindo a autoconvicção, ao invés do que seria mais lógico! É quase certo que a fé se sobreponha à lógica, independentemente, de se estar convicto a respeito, tanto de algo bom, quanto de algo ruim. Outro ponto, é que a experiência tem mostrado que um indivíduo não pode viver segundo a convicção de um outro. Deste modo, não posso pôr-me a enfrentar Golias porque Davi está convicto que pode vence-lo. A chance de alguém vencer um desafio qualquer é diretamente proporcional à convicção pessoal de que possa faze-lo!

Há ainda alguns fatores de ordem natural a serem respeitados, pois, na grande maioria das vezes que o homem singular desafia a natureza universal, quase sempre ele perde, a menos que desenvolva uma estratégia de conformação ao próprio perfil. Sendo mais claro, por mais que uma pessoa esteja convicta de que é um pássaro, se esta se atirar de um edifício, a chance de se esborrachar como um pacote flácido no meio do passeio público, ao invés de voar, é deveras grande! Contudo, talvez consiga levitar se crer que ao controlar a própria mente, isso seja possível a um ser iluminado! Aos homens o que é dos homens, aos pássaros o que é dos pássaros e a Cesar o que é de Cesar! Deste modo, se o amigo leitor crê que o cigarro poderá matá-lo mais cedo, por favor, não fume, pois é certo que morrerá precocemente! Dona Ordelina, a genial velhinha da foto que ilustra esse texto,  faltou às aulas de estatística e probabilidades, não conhece Newton, Francis Bacon e nem Renée Descartes. Em verdade, não sabe o que é lógica, sedimentou suas crenças em outras verdades. Talhou a própria vida segundo o caminho do herói, aquele, cuja sabedoria vence batalhas e eleva-se rumo à imortalidade! Ou será pura sorte? Ou, quem sabe, Deus se divertindo com o homem e seu humano saber?

Marcondes        24 de Novembro de 2013            02:11

Gostou? Então compartilhe