Logo-grupo-cimm

Teu ânimo dimensiona teus problemas!

Faça uma lista com os seus cinco maiores problemas (obviamente, se você não os tem, nem perca seu tempo lendo isso). Enumere-os em ordem decrescente de importância, ou seja, do maior para o menor. Sente-se à mesa e coloque a folha com a lista de problemas bem diante de seus olhos. Fixe teu olhar em cada um deles, percorrendo-os, um por um. Ok!? Feche os olhos e agora fique bem preocupado, mas bem preocupado mesmo, por alguns minutos.

Passado esse tempo, bem preocupado, veja se algo na sua vida mudou e se algum dos problemas se extinguiu. Provavelmente, nada deve ter ocorrido, a não ser que uma dose extra de adrenalina deve ter entrado em tua corrente sanguínea, porém, como você nem correu e nem lutou, ela vai ficar por aí no teu corpo, vagando daqui pra lá e de lá pra cá, prejudicando teu sistema nervoso e aumentando a probabilidade de você continuar tenso. É claro que eu sei, que falar é muito fácil, por outro lado, tenho certeza de que apenas ficar preocupado, também nada resolve. Sofremos muito por antecipação, alimentando nossa mente com pensamentos pessimistas sobre o futuro e, na maioria das vezes, quando o fato, verdadeiramente, ocorre, é bem menos grave do que imaginávamos.

Em geral somos muito criativos para imaginar catástrofes e nem tanto para crer em bençãos, embora elas existam. Muitos se tornam viciados ao frio da adrenalina percorrendo as veias  e o ventre, por isso permitem que os problemas surjam e cresçam. Todos os problemas possíveis de serem resolvidos, só são resolvidos com ações positivas, decisões de coragem, humildade, equilíbrio, serenidade, maturidade, organização, planejamento, controle, motivação, entusiasmo e fé! Apenas pensando demais neles e ficando preocupados, nada vai mudar. Se não sabe por onde começar, peça conselho a um amigo, a um irmão, a uma pessoa mais experiente, a seu chefe, a um professor, a um padre, a um pastor, a um rabino, a um monge, a um profissional, em fim, a alguém em quem tenha confiança. Não pense em tudo de uma vez, concentre-se em partes e vá resolvendo as partes, ate´ que o todo vá perdendo força e pare de te sugar energia. Primeiro, assuma que desafios (ou problemas) existem e fazem parte da vida de todos, cada um com os seus e você com esses cinco que enumerou.

Assuma que tem tais problemas, não fuja deles. Declare-os, fazer isso será o início da solução. Entenda que fazem parte do desenvolvimento da tua maturidade.Veja quais são tuas possibilidades e comece a mover-se, de um primeiro passo, de modo que não ultrapasse tua envergadura. Estabeleça metas e comprometa-se com elas, seja disciplinado, comece já, não olhe para trás, não pare, tenha firmeza de propósito, seja persistente. Problemas são percepções. Todo problema tem o tamanho da perspectiva pela qual o tomamos. Quanto maior a coragem menores serão os problemas. Quanto maior a fé, mais rápido virá a cura, mais prontamente chegar-se-á a uma solução para cada um dos seus cinco desafios.

Obrigado por ter lido o texto até o fim. Se você gostou, compartilhe! Me fará um grande favor!

Antecipadamente agradeço,

Marcondes.

Gostou? Então compartilhe