O Vencedor

Quem perde um pedido, perde muito! Quem perde um projeto perde mais! Quem perde o ânimo, perde tudo! Já dizia Erick Paladino, um personagem fictício que criamos certa vez, para inspirar nossos vendedores em uma época em que muitos estavam vendendo o almoço para comprar a janta. Naquela época, a empresa ainda não disponibilizava celulares aos nossos vendedores, apenas os antigos “pagers” ou “bips”, como alguns também os chamavam.

À época, em nossas reuniões gerais, o diretor comercial ou o gerente nacional de vendas fazia um check-up de área por área, discutia pendências, ações da concorrência, pedia previsões e fazia um levantamento geral da situação. Colhia prognósticos de cada vendedor e lançava um desafio para a semana. Na maioria das vezes traziam palavras de encorajamento e algumas vezes, até algum vídeo motivacional era apresentado.

As reuniões amenizavam, de certo modo, a frustração de quem não havia batido a meta da semana, pois essa era, mais ou menos, a situação geral, pois quando o mercado cai, como um todo, o desafio de vender aumenta, de igual maneira, para todos. Por outro lado,

Continue lendo...

Primavera

Mais do que percebe-la, celebrá-la em versos e prosas, deixar que evapore em aromas a impregnar a brisa e suavizar as almas. Permitir que transborde em encantadores matizes que inundam a vista e fertilizam o espírito dos poetas! É perceber sua missão de musa inspiradora dos canoros cânticos silvestres. Essa que é fonte de alegria para insetos e colibris. Eleva-se aquele que a percebe como um santo presente que escorre suave desde os dedos do Senhor. Um prenuncio da graça que há de fartar as mesas dos bem aventurados. Oxalá possam os homens aplaudir a esse espetáculo gratuito que lhes vem como bênçãos de vida e de esperança. Uma obra prima que resplandece em vida sob os halos solares da fecundidade. Quem é essa que poderia ser mais bela entre as delicadezas? Busco no mais profundo de mim e não encontro par que pudesse suprir melhor o encanto que emprestas aos apaixonados. Em cada pétala, em cada flor, um elétron, um átomo de amor. Em tua presença, curvo-me em respeito ao maior de todos os artistas, cuja majestade se evidencia em cada uma de suas reedições! Salve a primavera!

 

Jovem sensual

Li, certa vez, que aos anjos cabe toda a obediência espiritual, sob o mais elevado rigor cerimonial; enquanto aos animais cabe todo o prazer carnal sem a mínima preocupação com regras morais ou recomendações sociais de etiqueta.

Alocados em outra dimensão, já não cabe aos anjos submeterem-se às tentações terrenas como a luxúria, a gula, a avareza, a ira, a soberba, a vaidade e a preguiça. Por outro lado, desprovidos da razão, da ética e da espiritualidade, não há como, sob a égide da justiça e da sabedoria, imputar aos animais qualquer tipo de responsabilidade.

Entre essas duas entidades extremas, ou seja, os anjos e os animais, encontra-se o homem. Ao seu alcance estão, tanto a razão, quanto a espiritualidade. No entanto, na dimensão em que ele se estabelece, está sujeito a todo tipo de

Continue lendo...

Marcelinha

Para quem não me conhece, esse aí da foto sou eu, o Marcondes que escreve os posts desse blog. Cortei parte do meu rosto da foto, porque quis evidenciar ‘a estrela do dia’ (07/09), essa que consolida a felicidade e o encantamento, que repousa em meus braços de avô, pela primeira vez!

Em minha vida, tive dois filhos. A Vivian 29 e o Danilo 24, porém, a esses dois, acrescento um filho de coração, o Junior 30, pai dessa maravilhosa esperança, vestida de cor de rosa, que tanto alegrará a vida dos Vieira, dos Camacho, dos Lunardelli e dos Marcondes. Professor universitário há 24 anos, muito me honra ter, também, alguns

Continue lendo...

 

1 tres competenciasCompetência Técnica:

Ninguém fará um bom trabalho de vendas vendendo o que não conhece ou não saiba aplicar!

Concentre seus recursos e esforços para recrutar, selecionar, treinar e motivar seus vendedores, visando transforma-los nos melhores profissionais do mercado. Faça com que a sua força de vendas (vendedores – internos e externos, assistentes técnicos e outros profissionais de suporte) saibam mais, sobre escolha e aplicação dos produtos, do que todos os seus concorrentes e do que qualquer cliente. Ainda que pareça utópico ou arrogante, querer ter os melhores profissionais da praça, manter esse foco como intenção, o ajudará a elevar tanto a você quanto tua equipe, ao menos, profissionalmente. Todavia, faça como a árvore, quanto mais frutos tem,

Continue lendo...

01234 abcde brindando o vinho

As pessoas, de modo geral, desde a adolescência, são orientadas a investir nos estudos a fim de garantirem um futuro melhor do que aquele que tiveram seus pais. Nesse sentido, são incentivadas a serem bons alunos, a fazerem um curso técnico para ter uma profissão (o quanto antes), a aprender inglês, a dominar  o pacote office da Microsoft, a fazer uma boa faculdade. De preferência, escolhendo algum curso que lhes garantam um estágio em alguma organização multinacional. Esperando, também, que esse estágio se converta em um bom emprego com um salário dígno. Se possível, entre uma etapa e outra, quem sabe, um ano de intercâmbio nos EUA ou em algum outro país da Europa. Posteriormente, já  inseridos na mentalidade característica de nossa sociedade organizacional, provavelmente, fazer um

Continue lendo...

01ab Rosas Bracas

Grandes realizações escapam às pessoas, muito mais pelas dificuldades imaginadas do que pelas reais. A mente é tanto uma poderosa aliada, quanto uma voraz devoradora de sonhos. Quando teme a derrota em excesso,  de certa forma, a antecipa. Quando confia, exageradamente, na vitória, incentiva riscos desnecessários, o que, de igual maneira, também pode resultar no insucesso. Tanto a presunção, quanto o auto depreciação em nada contribuem para a felicidade do homem.

A arrogância da presunção dá força aos oponentes, que passam a entregar o máximo de si, pelo simples e natural prazer, que as pessoas, em geral, sentem de

Continue lendo...


 

01abc Meninos Lama

Na mais profunda memoria o homem não é outra coisa se não lama. Por mais que se eleve na cultura, na intelectualidade, na ciência, na tecnologia; em tudo depende da terra e da água. Ainda que conquiste o espaço intergaláctico, não irá a lugar algum sem água ou sem comida. Todo o alimento que necessita, de um modo ou de outro, não vem de lugar algum, se não da terra ou da água. Embriagado de sua vangloria , sobrecarrega-se de sinais e ondas. Equipa-se de todas as formas e por todos os lados dos mais sofisticados dispositivos eletrônicos, óticos, acústicos, fotoelétricos e mecânicos. Inunda-se de luzes, bips, imagens, cores e sons, contudo, a menos que seja puro espírito, não viveria mais do que três dias sem água, nem mais do que umas poucas semanas sem algum alimento.

Com uma agenda extremamente comprometida e cronologicamente saturada, pesa-lhe a escassez de tempo para certos fundamentos, que por ora não lhe parece tão prioritários. Por conta do remorso adiantado que sente, de abrir mão da irradiação de sua personalidade no desenvolvimento do carisma dos próprios filhos, sobrecarrega-os de

Continue lendo...

0123 A Casa na Roça

Por onde passa o gado a grama não cresce! De tanto pisar a mesma trilha extinguem-se as demais hipóteses. Ao menos, a todo aquele que se contenta com o que lhe põem no cocho. Mesmo havendo alternativas em abundância, por que explorá-las se ao fim do caminho de chão batido encontra-se a fácil providência? Ainda que a exuberante natureza supra os arredores de fartas possibilidades, estas ficam às margens da vida, pois o conformismo condiciona o passo aos rastos da manada.  De tanto tomar por referência o rabo da rês que vai à frente, restringe-se a marcha a uma estreita via de mão única, enquanto a esperança delega à sorte os desejos de longevidade e a prevenção de um prematuro abate! A reflexão é sempre  dolorosa a quem habituou-se a viver de acasos e impulsos!

Cerco minha casa para que

Continue lendo...

01 ab Mulher nua troca cascaDo que vale ocupar-se do ontem, se lá, já não podes voltar? Por que torturar-se com o excelente argumento que te escapou quando mais precisavas dele? Por que afligir-se com o que já passou? Por que acalentar esperanças de refazer o inacessível passado? Por que insistir em reter contigo alguém a quem tu nada mais representa? Por que condenar-se ao degredo das lembranças de tempos felizes que se extinguiram na fumaça das ilusões? Por que te cobras tanto do ato do qual foste apenas uma consequência? Por que te amas tão pouco? Por que queres tu a perfeição que só aos deuses cabe? Acaso serias tu também um deus? Livra-te de tuas memórias pois ao máximo te renderão delírios, quando não alucinações? Cuspa na tua vaidade! Esta que esmaga teu ego, te afastando da abundante graça dos corações humildes! Quem é esse que

Continue lendo...