Logo-grupo-cimm

Antes das atitudes, reveja seus valores

Se queremos resultados diferentes, precisamos adotar atitudes diferentes. Entretanto os resultados não serão estáveis se não revermos também nossos conceitos e valores, pois as atitudes são movimentos de superfície, ostentam alicerces rasos quanto à solidez que deve ter uma boa filosofia de atendimento, ainda mais se não estiverem fundamentadas em uma revisão de valores.

A experiência tem mostrado que ao mudarmos apenas de atitude, sem rever os próprios valores, corremos o risco de nos tornar iguais às pessoas que mudam de atitude. Fazendo regime, por exemplo, conseguem emagrecer, porém sem reduzir a gordura dos pensamentos. Agir assim pode levar pessoas a bons resultados na redução da massa corpórea, todavia, e muitas vezes, transformam-se em pessoas  magras, porém tristes.

Alguém obeso que deseje ser um magro feliz, precisa encontrar novos prazeres na vida, novos valores, que possam tomar o lugar do prazer de alimentar-se em demasia. Assim, se alguém muda de atitude e passa a comer menos, porém continua valorizando mais a comida do que a saúde, estará obtendo resultados na contramão de seus desejos mais íntimos e isso lhe fará mal ao ânimo.

O paralelo que se pode fazer disso, com o trabalho do pessoal de suporte às vendas, ou seja, dos profissionais que dão apoio aos vendedores externos e também tratam de assuntos diversos com clientes ao telefone, é que, não adianta alguém adotar uma atitude positiva de modo forçado. É muito difícil atender bem alguém quando se tem por essa pessoa uma baixa estima, mesmo que ela mereça. Tratar mal alguém, que por ventura mereça ser mal tratado, é algo que qualquer um pode fazer. Só um verdadeiro profissional conseguiria superar esta barreira.

A excelência no atendimento é alcançada quando se entende que a tolerância é uma grande virtude. Se não consigo ver meus clientes internos e externos, como agentes importantes para o êxito da companhia, se não creio que, ao aprender a me dar bem com as pessoas, principalmente as mais difíceis, posso, no mínimo, tornar o meu próprio dia mais feliz, o meu humor ficará sempre à mercê de fatores externos a mim.

Obviamente, também se espera que vendedores externos e clientes sejam, de igual maneira, virtuosos e utilizem o mesmo princípio ao tratar com alguém mal humorado, do atendimento interno. A única diferença é que neste caso, o mérito profissional será deles e quem precisa ter mérito no atendimento é quem foi contratado para isso.

Em suma, o que se quer enfatizar é o fato de que, é improvável que alguém possa atingir o estado da arte em algo que esteja apenas na mente e não no coração, algo que esteja apenas na fria atitude e não na serena virtude de um pensamento mais elevado, pois enquanto não aprendermos a amar as pessoas como elas são, não as conseguiremos tratar da melhor maneira.

Não creio que necessitemos agir dessa forma o tempo todo, seria um tanto utópico, mas se o conseguirmos fazer, ao menos quando do outro lado da linha há um cliente, ou alguém que nos represente perante ele, já estaremos fazendo algo acima da média e sendo mais maduros e profissionais.

 

 

Gostou? Então compartilhe