Logo-grupo-cimm

Tuas atitudes revelam o teu caráter!

Por onde passa, o homem deixa vestígios; sinais do seu estado de humor, da sua magnanimidade, da sua inteligência, do seu equilíbrio, do zelo e do trato que confere àquilo que se submete a fazer. Tais rastros, dão pistas de sua índole, de sua racionalidade, de sua expertise e da importância que confere a si mesmo e ao seu entorno. Para tanto, nem se necessita, se quer, buscar por suas respectivas publicações no facebook, pois este vem ha milênios deixando fortes pegadas de seu caráter ao longo da história. Perdendo o equilíbrio, muitas vezes, não cumpre os próprios propósitos, esses que lhe cabem como criatura inteligente e, por conta disso, ainda impede que outros seres e elementos cumpram os seus. Supostamente, dotado de inteligência, pode com o tempo encontrar o caminho da serenidade e da excelência no saber, mas isso, só  ocorrerá, se, por ventura, tal intento vier, algum dia, a lhe ser motivo de foco e preocupação. Animado e sábio, poderá revisitar certezas, rever posições, remover preconceitos, reconstruir-se em novas bases intelectuais, reeducar-se; recolocar-se sob novos pontos de vista, em relação a temas sobre os quais era absolutamente cético, em fim, recomeçar a vida. Ao inanimado, contudo, resta curvar-se à força do homem e deitar a cabeça na eternidade, por mais incômoda que lhe seja a posição, até que a mãe natureza o acolha novamente no seio de sua bondade, para que, quem sabe, em um longínquo futuro, tenha uma nova chance de cumprir um propósito mais nobre  do que aquele,  a ele, imposto pelo homem insensato.

Gostou? Então compartilhe

17 comments on “Tuas atitudes revelam o teu caráter!”

  1. Ivan Pessina Responder

    Prezado sr. Marcondes, bom dia, venho acompando seus posts, e este, realmente em poucas e sábias palavras demonstrou que o caráter do homem é revelado pelas suas atitudes, portando, alegro-me de minhas atitudes e compartilho desta alegria neste simples comentário. Felicidades.

    • marcondes Responder

      Prezado Ivan!
      Recebo com entusiasmo o teu comentário.
      São muitos os que não se dão conta de que não é preciso uma grande evidência para que se avalie o valor de uma pessoa, pois esse se revela nos detalhes, na somatória de pequenas ações do cotidiano.
      Cabe aos mais elevados, portanto, cuidar para que as sementes dos bons costumes sejam transmitidas às nossas crianças, no devido tempo, pois só assim, poderemos alimentar a esperança de um mundo melhor.
      Muito obrigado pela visita ao blog e pelo comentário.
      Que Deus o proteja!
      Abração!!!
      Marcondes.

    • marcondes Responder

      Olá Cirenini!
      Obrigado pelo prestígio que me concede a tua visita e teu comentário.
      Isso mesmo, as atitudes revelam mais do que as palavras.
      Quantos entre nossos governantes são craques nas palavras. Só nas palavras.
      Uma execlente semana pra você e mais uma vez obrigado!
      Marcondes.

  2. Celeste Marcondes Responder

    Boa tarde Marcondes!
    Como pode ver meu sobrenome é o mesmo que o seu e segundo uma tia, infelizmente já falecida e que muito estudou a origem dos “Marcondes”, afirmava e provou com vários documentos, que nossa família se origina de apenas uma, portanto, todos os Marcondes independente do que façam ou como vivam, são todos da mesma família e ao ler o seu Blog, fiquei muito feliz por saber que tenho em minha família, alguém dotado de grande visão empresarial o que é muito bom para todos.
    Amei muitas das suas matérias e daqui pra frente, farei isso com frequência, caso queira me adicionar no Facebook seria um grande prazer.
    Forte abraço e Parabéns pelo Blog tão bem elaborado e recheado de matérias com conteúdos edificantes.

    • marcondes Responder

      Olá Celeste!
      Muito obrigado pela visita ao blog e por suas palavras.
      Também aprendi assim, que todos os Marcondes vem de uma mesma origem.
      Creio que começamos com um tal Antonio Marcondes, que veio da ilha de Açores para Taubaté, nos tempos da imigração de Europeus, por conta da expansão da lavoura cafeeira.
      De Taubaté fomos nos espalhando pela região do Vale do Paraiba e, depois, para Mogi Mirim, São João da Boa Vista e, posteriormente, até os confins desse nosso imenso Brasil.
      O ramo do qual descendo vem dos Marcondes de São João da Boa Vista. Minha família especificamente, pai, mãe, tios, avós (maternos e paternos), são da cidade de Andradas (MG) ou Sto Antonio do Jardim (SP), cidades vizinhas de divisa.
      Em minhas andanças já encontrei quem tivesse como primeiro nome “Marcondes” e não sobrenome como no nosso caso.
      Tenhoa até um homônimo em Pindamonhangaba.
      Será um prazer te-la como seguidora do Blog.
      Escrever é algo que gosto muito, espero poder continuar publicando textos interessantes.
      Obrigdao mais uma vez pela visita e volte sempre!
      Abraço do seu parente,
      Francisco C. Marcondes.

      • Celeste Marcondes Responder

        Na verdade o que aprendi que a origem da família se deu em Pindamonhangaba e temos inclusive um brasão que poderá visualizar no link: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=874087, faz parte do meu perfil no Orkut.
        Foi muito bom te conhecer e certamente estarei sempre visitando seu blog, não somente pelo fato de sermos com toda certeza parentes, mas pelo conteúdo riquíssimo que ele contém.
        Um grande abraço

        • marcondes Responder

          Olá Celeste!
          Muito obrigado pela informação.
          Já salvei o endereço do site.
          Há muitos anos trabalhei na Volkswagen de São Bernardo do Campo e me lembro que o sobrenome do diretor de RH era Marcondes Machado. Na própria Sandvik onde trabalhei por décadas, também tivemos um engenheiro de segurança que também era Marcondes Machado. Como você disse, onde houver um Marcondes, há um provável parente, ainda que distante.
          Farei o melhor para continuar escrevendo textos interessantes, que valham o tempo que você irá investir. Prometo caprichar!!
          Mais uma vez obrigado!
          Abraço e lembraças a todos os meus parentes!
          Marcondes.

  3. Marcelo Hirai Responder

    Puxa vida, espetacular.

    Felizes daqueles que observam os importantes detalhes da vida como citou em excelente texto. Pobre daqueles que dão grande importância às futilidades e tão pouco fazem por sua própria natureza, assim atrapalhando à própria evolução e missão. Glória ao tempo que dará tantas chances quantas forem necessárias para que se corrija, a tempo.
    Quando vemos animados correndo atrás do não equilíbrio, ainda há esperança, mas este inanimado que citou me incomoda, pois este nem errará talvez.

    Obrigado Marcondes!

    Um abraço.

    • marcondes Responder

      Grannnnde Marcelo!
      Há pessoas que vivem de aparências, fingem ser o que, em verdade, não são. Contudo, por onde passam, vão revelando quem em realidade são por conta das atitudes que tomam em relação a tudo o que fazem e da maneira como se comportam em relação às demais pessoas, sejam lá quem for estas tais pessoas.
      Alguém autêntico e educado, tratará sempre bem o seu semelhante, independemente de raça, cor ou classe socia, assim como, também tratará bem ao meio ambiente, etc.
      Posturas e discursos acabam por denunciar a cultura de um indivíduo.
      Nós que somos ligados à educação, temos parte importante na semeadura de melhores cidadãos.
      Trabalhar com o ensino é mais que uma profissão é uma missão.
      Grande abraço meu amigo!!!
      Marcondes.

  4. Edilson Alves Responder

    Bom dia amigo Marcondes, muito bom ler suas matérias, muito tem me acrescentado.

    Penso assim também, somos o que vamos sendo, a cada dia vivendo algo diferente, tomando posições, decisões, passando por muitas situações, a assim sendo formado, mas não podemos nos esquecer que as intemperes da vida vão nos formando e muitos de nós somos o que não deveríamos ser, e isso é inerente ao viver, que o Senhor nos ajude a vencer todas as peças que a vida nos prega, que Ele nos ensine a ensinar aos próximos que o viver hoje é reflexo do que fomos ontem, e um prenúncio do seremos amanhã, possamos ser “Nós” mesmos, e que o ser “Nós” seja bom!!!

    Deus te abençoe!!!!

    • Marcondes Responder

      Estimado Edilson!
      Que a paz esteja com você!
      Creio que o somatório das pequenas atitudes revelam quem uma pessoa verdadeiramente é.
      Por exemplo. Alguém que não se importa de parar em fila dupla na porta da escola do filho, alguém que atira lixo na rua pala janela do carro, que ultrapassa uma fila de carros pelo acostamento porque julga sua pressa mais importante do que a dos outros, que trata mal um garçon, que não se preocupa em ouvir as pessoas mais simples, mais humildes, que rouba no peso da balança, que não dá a Cesar o que é de Cesar, sem se aperceber, deixa sinais claros de quem verdadeiramente é. Mesmo que faça discursos bem elaborados diante das câmeras, ou nas reuniõs de nobres, suas atitudes gritam pelos quatro cantos da hipocrisia.
      O ideal é que as melhores palavras sejam acompanhadas de atitudes a elas correspondentes, contudo, a impressão que temos é que, a maioria, se importa mais com as aparências do que com a realidade.
      Muito obrigado pela visita!
      Que Deus te abençoe!
      Marcondes.

  5. LB Responder

    Inoxid’avel,
    caleidoscopico texto! Gregos e troianos se beneficiarao dele, s’o saber aproveitar…Eu aproveitei. Abracos.

    • Marcondes Responder

      Diletíssimo Barbi!
      A policromática assunção que me confere teu insígne comentário, eleva-me ao vínculo empregatício das palavras, paradoxalmente opostas ao que poderia ser, por ventura, tomadas por prolixas ou inverossímeis. Transbordo-me em júbilo pelo auspicioso comentário!
      Reitero sublimemente a dinstinção que tua aprazível visita me confere!
      Que retornes sempre!
      A ti, um ósculo fraternal !
      Marcondes.

Deixe uma resposta