Logo-grupo-cimm

Tag: competitividade

Quem perde o ânimo perde tudo!

Imagem Meramente Ilustrativa

Imagem Meramente Ilustrativa

Li certa vez que, na antiguidade, o ouro e a prata eram provados pelo fogo. Expondo-se os minérios às altíssimas temperaturas, era possível separar o ouro e a prata de metais como o ferro, cobre, estanho e chumbo, considerados escória, após o refinamento desses metais mais nobres. Ao estudar a cultura arcaica de países tais com o Egito e a Grécia, a era de ouro da humanidade é considerada aquela em que os homens ainda viviam mais próximos aos deuses do Olimpo.

 Hesíodo um dos maiores poetas gregos da Idade Arcaica, que viveu, aproximadamente no ano 800 a.C. na Beócia, no centro da Grécia, dividiu as eras da humanidade em cinco grandes eras: Ouro, Prata, Bronze, a era dos Heróis e, por fim, a era de Ferro. Nessa ordem de degradação, à medida em que os homens

Ler post completo

O vendedor especializado – Parte II

Com o mercado cada vez mais competitivo, não há espaço para amadores. Empresas sem qualidade em serviços e produtos, se ainda não saíram de cena, estão com os dias contados. Há pouco mais de uma década, uma empresa com certificações ISO 9000 ou ISO 14000, se destacava entre suas concorrentes. Hoje estar devidamente qualificado é lugar comum, obviamente agrega valor à empresa, porém não serve mais como diferencial de competitividade, em verdade isso é visto como uma obrigação.

Ler post completo

Considerações sobre Newton e a Competitividade

Atualmente, a sobrevivência de qualquer empresa depende essencialmente de sua capacidade e velocidade de inovação. Assim, criatividade e inteligência são fatores imprescindíveis para quem deseja liderar mercados no âmbito global. Inovar é fator crítico de sucesso em todos os campos da administração. Ocorre que nossa formação técnica nos leva naturalmente a concentrar mais atenção onde, ao longo dos anos, acumulamos mais experiência e, portanto, nos sentimos mais à vontade. Assim, o desenvolvimento e lançamento de produtos, a elaboração de processos, a alteração de lay-outs, a implementação de melhorias em logística e fluxo de trabalho na cadeia produtiva, são itens que recebem muita atenção, contudo, apesar de não ser uma novidade, o componente humano da competitividade fica em segundo plano na maioria das vezes.

Ler post completo