Logo-grupo-cimm

O verdadeiro sentido da venda!

1 A A Vendas

Vender é provavelmente uma atividade tão antiga quanto o próprio homem. Existem uma infinidade de razões para que transações comerciais ocorram e a cada dia surge mais uma. A dinâmica do mercado depende de que uma mesma mercadoria seja valorizada de modo distinto pelas partes interessadas no negócio. A força motriz de uma venda reside no fato de a parte interessada em comprar perceber mais valor em um determinado produto ou serviço do que o preço solicitado pela parte interessada em vende-los. As negociações de vendas chegam ao seu clímax quando… duas pessoas aceitam, ou rejeitam, os termos propostos na oferta. Se não houver um acordo, podem continuar negociando até que haja um balanceamento de valores aceitável por ambas as partes na determinada operação.

Há sempre uma margem a ser negociada entre o máximo preço que um determinado cliente estaria disposto a pagar e o mínimo preço pelo qual um certo vendedor aceitaria vender. Cabe então, ao comprador, encadear seus melhores argumentos a fim de convencer o fornecedor a receber um pouco menos, enquanto ao fornecedor cabe expor suas mais convincentes justificativas, para que o cliente pague um pouco mais. Simples assim. De modo geral quem argumenta melhor leva vantagem. Diante desse fato torna-se interessante saber quais as características dos argumentos mais convincentes, ou seja, que fatos poderiam tornar a outra parte mais propensa a ceder. Isso, com certeza, daria para escrever um artigo, contudo, meu objetivo hoje é questionar a cada um o seguinte: “Que motivos pessoais o norteia quando entra em uma negociação de venda?”

Não tenho a intenção de esgotar esse assunto, mas valendo-me do que tenho percebido ao longo da vida, listei alguns possíveis motivos na sequência:

A)  Minha empresa precisa de vendas para existir.
B)  Preciso vender para fazer jus ao meu salário.
C)  As comissões, os prêmios e o bônus de vendas melhoram minha qualidade de vida.
D)  Vendo para satisfazer o meu ego de ser um excelente vendedor.
E)  É o que eu sei fazer melhor.
F)  Não me dei bem em outras atividades, que gostaria de executar, acabei me encontrando em vendas.
G)  Tenho muita facilidade em fazer amizade e me relacionar com as pessoas e isso é fundamental em vendas.
H)  Conheço muito bem minha empresa, as linhas de produtos e respectivas aplicações por isso estou em vendas.
I)  Depois de anos na assistência técnica foi o caminho natural para minha evolução na carreira.
J)  Por conta da liberdade que tenho, trabalhando como vendedor.
K)  Os benefícios são interessantes em vendas.
L)  Montamos um negócio em 3 sócios e as vendas ficaram comigo.
M)  Porque ajudo a indústria nacional, levando soluções que tantas empresas necessitam e eu as tenho para oferecer.
N)  Minhas vendas geram empregos locais e contribuem para que o país não se torne apenas um centro de serviços.
O)  Contribuo para a modernização da indústria introduzindo produtos e serviços que meus clientes desconhecem.
P)  Tenho prazer em ver as vendas ocorrendo como desdobramento do sucesso que proporciono aos meus clientes.
Q)  Minha atuação faz meus cientes obterem o máximo de satisfação de meus produtos e serviços  e eles me retribuem comprando mais.
R)  Quanto mais vendo mais inibo a penetração de produtos importados que contribuem para o sucateamento da indústria nacional.
S)  Vendo muito porque não gostaria que o galpão da nossa empresa se tornasse mais um supermercado, shopping ou salão de igreja.
T)  Quero ser um agente de mudanças, levando novas soluções e alternativas, que sem mim não chegariam às industrias necessitadas.
U)  Por meio das vendas permito que muitos outros profissionais realizem seus sonhos, tanto na minha empresa, como na empresa do cliente.
V)  Como vendedor, sou a melhor ferramenta de marketing, o melhor comunicador e o melhor apoio à pequena e média empresa.

Como se vê, há distintos motivos que podem mover alguém em direção a mais ou menos vendas. O nível de realizações, o prazer em ser um grande realizador está muito calcado em como cada um se vê ou na importância que cada indivíduo dá a si próprio ou à sua respectiva profissão. Algo me leva a crer que as pessoas de espírito mais elevado devem, por força de suas crenças mais nobres, chegarem a resultados mais expressivos, além de deixarem um legado de inestimáveis préstimos por onde quer que exerçam a nobilíssima profissão de vender!

Marcondes         29 de Agosto de 2013           00:00

Gostou? Então compartilhe

6 comments on “O verdadeiro sentido da venda!”

  1. ferretti@cofast.com.br Responder

    Chico, desde a década de 70 quando começamos, nunca esqueci do que vi numa placa do “Mirtão” que vc também viu, não sei se ainda se lembra. Uma galinha branca e um ovo com os dizeres : ” O pedido não é o fim da negociação, e sim o começo”. É assim que até hoje eu direciono minha vida, tanto pra comprar como pra vender. O antes, durante e depois vale pra tudo.Um aboração.

    • Francisco C Marcondes Responder

      Grannnnnnnde Zé Buscapé!
      Ô se lembro da placa do Mirtão.
      Era exatamente como vc descreveu, uma galinha olhando para o ovo que tinha posto e a casca se quebrando e dele saindo um pintinho.
      E a frase, como vc bem disse, faz todo sentido.
      Ocorre, que vc tem um amigo espírito de porco, que foi lá, escreveu uma nova frase e colou por cima da boa frase que lá estava.
      Bem, a nova frase dizia o seguinte:
      “Cada ovo comido é um pinto perdido”
      A nova frase não tinha nada com a arte de vender, mas caia como uma luva para tal ilustração.
      Nem me pergunte que foi que trocou as frases! Só pode ser um moleque!!!!
      Abração meu irmão!
      Chico Paco.

  2. Edilson Responder

    Bom dia amigo Marcondes.

    Vender ou comprar algo é uma arte, e precisa que se dê muita atenção, cuidado e dedicação.

    Ósculo Santo!!!

    • Francisco C Marcondes Responder

      Estimado Edilson!
      Tudo que fazemos na vida podemos olhar com um olhar curto ou com um olhar estendido.
      O olhar curto pensa nos benefícios próprios o olhar mais estendido leva em conta também a outra parte e à sociedade como um todo.
      Há uma máxima que diz:
      ” É possível enganar uma pessoa por toda uma vida e é possível também enganar a todos por uma vez, mas é impossível enganar a todos a vida toda”
      Muitos ainda não perceberam que para cada Jacó existe um Labão.
      É sempre importante notar que todas as nossas decisões incorrem em desdobramentos. Sendo essas boas ou ruins, mais cedo ou mais tarde nos dará um retorno. Quem planta o bem colherá o bem!
      Grande abraço meu irmão!
      Marcondes.

  3. Aldeci Responder

    Olá Tio Chico!
    Vou clicar no ” curtir “, pois é essa a minha sensação ao ler seu texto.
    Esse é um tema que está muito relacionado com nossa área de atuação, mas para mim todo mundo vende alguma coisa a todo momento e se fizermos um paralelo com qualquer profissão, até com o dono da granja.rs, podemos identificar que o processo deve ser levado de tal maneira que a satisfação no final do processo seja de ambas as partes. (ganha-ganha). Para mim o que falta em alguns “vendedores” é a paixão pelo que faz e para isso precisa esforço extra. A venda é composta do antes, do durante e do depois, só que exige dedicação e como já mencionei, satisfação naquilo que se faz gera resultado positivo.

    Obrigado e grande abraço

    • Francisco C Marcondes Responder

      Olá Aldeci!
      Tudo bem por aí?
      Saudade de vocês.
      Sabe que outro dia o Arlindo me deixou uma mensagem no blog?!!
      Sabe meu irmão? Eu penso que muitas vezes os profissionais, não só os vendedores não tem uma ideia muito clara da extensão e dos desdobramentos que as atitudes profissionais de cada um proporcionam não só para si e seus clientes, mas para a sociedade com um todo, ou seja, ganha, ganha, ganha (3 ganhas).
      Precisamos marcar um happy hour.
      Abraço!!!!!!
      Tio Chico!

Deixe uma resposta