Logo-grupo-cimm

Aprenda a apreciar sem destruir!

Rosa na cerca

Bendita és tu, ó maturidade, que vens em socorro do meu caráter e conténs, em tempo, a força dos meus instintos. Tu que me ensinas a admirar o belo, sem que precise tocá-lo, que me levas a fechar os olhos, aspirando o doce aroma que se expande na brisa, inspirando me a alma e envolvendo me o espírito. Tu que me conténs a ânsia de apanhar a beleza encarnada que transpassa inocente os vãos da prudência. Minhas mãos calejadas e ásperas por mais zelosas que fossem a despetalaria. Ó flor delicada que prestes tu os teus favores aos cuitelinhos, estes sim, feitos para ti e à altura da tua delicadeza. Poder captá-la em minhas retinas já me é motivo de graça, até que cumpra teus propósitos e finde o seu tempo. Oxalá pudesse o homem entender o seu papel de cultivador dos canteiros do Senhor e jamais interferisse no curso natural da vida!

Marcondes                      13 de março de 2013            01:29

 

Gostou? Então compartilhe

6 comments on “Aprenda a apreciar sem destruir!”

  1. Aryoldo Machado Responder

    Diante de um pensamento como este, difícil deixar um comentário ou acrescentar. Só devo ler e reler e sentir.

    • Francisco C Marcondes Responder

      Prezada Nanda!
      Muito obrigado pela tua manifestação de apreço.
      Como engenheiro, vejo a poesia como um grande desafio.
      Me deleito quando sensibilizo a ponto de receber tamanho elogio!
      Grande Abraço e mais uma vez obrigado!
      Marcondes.

  2. Edilson Responder

    Bom dia querido amigo Marcondes.

    Texto vindo de um coração sensível e voltado para o bem, lendo a palavra de Deus em seu ínicio essa semana, pude constatar em como Ele fez tudo perfeito, bem feito, e depois de ver sua criação viu que era bom, nós já temos tudo o que precisamos para sermos felizes, pena que isso não é suficiente.

    Ele já nos fez sua iamgem e semelhança, nós precisamos deixar isso vir a tona.

    Que Deus nos abençoe e nos ajude a cuidar de tudo o que Ele nos deu!!!

    Ósculo Santo querido Marcondes.

    • Francisco C Marcondes Responder

      Estimado Edilson!
      Obrigado pela visita e pelo comentário!
      Sempre me vem à mente que uma das coisas que precisariamos nos dar mais tempo é para a contemplação.
      A natureza é toda um presente Divino, um quadro raro e belo porém pouco apreciado pelos que por ela passam.
      Creio que saber apreciar é também uma arte que nos vem pelo refino da sensiblidade à obra de Deus.
      Um ótimo domingo e uma excelente semana!
      Grannnnde abraço!
      Marcondes.

Deixe uma resposta