Logo-grupo-cimm

Nenhum obstáculo resiste à força de vontade!

Ana Amália Tavares Barbosa (46), não fala, não pode mastigar, nem engolir, não se move, desde julho de 2002, quando sofreu um AVC. Contudo, Ana pinta, estuda e ensina arte a crianças que nasceram com paralisia cerebral. Tudo isso usando o olhar, um leve movimento de queixo e um programa de computador desenvolvido especialmente para ela. Nesta terça (09 de Maio de 2012), às 14h, a artista plástica Ana Amália, defendeu sua tese de doutorado em arte e educação (aprox. 175 páginas) no Museu de Arte Contemporânea da USP, iniciada quando já estava paralisada. Ana faz ainda mais uma coisa, me emociona, por sua, bravura e força de vontade. Ana, mais do que uma vida, um propósito!

Gostou? Então compartilhe

10 comments on “Nenhum obstáculo resiste à força de vontade!”

  1. ANDERSON GOMES Responder

    Determinarás tu algum negócio, e ser-te-á firme, e a luz brilhará em teus caminhos.

    Jó 22:28 Biblia

    grande abraço !!!!
    Anderson

  2. Marcondes Responder

    Olá Anderson!
    Obrigado pela visita e pelo comentário!
    Sabe que quando eu estava escrevendo o post, eu pensei mesmo em Jó.
    Por muito que julguemos saber, certos eventos extrapolam a compreensão humana.
    Tudo que sei é que ante tal força de vontade, só resta levantarmo-nos em respeito e aplaudir até doer as mãos.
    Grande abraço!
    Marcondes.

  3. Roberto Bezerra Cavalcanti Responder

    Prezado Sr A mensagem é um belíssimo exemplo, que merece ser referência para minha pessoa. Parabéns!

  4. Flavio Lucio Responder

    Muito bom e nos faz lembrar o quanto reclamamos sem nescessidade.
    Estes dias estive lendo um artigo da venda mais (www.vendamais.com.br) e me emocionei também com a entrevista do Flavio Peralta sugiro a leitura e visita ao site http://www.amputadosvencedores.com.br/ .
    Parabéns e obrigado por escrever artigos tão interessantes.

  5. Marcondes Responder

    Olá Flavio!
    Obrigado pela visita ao Blog e pelo comentário!
    Visitei o Blog do Flavio Peralta, realmente muito bom. Agradeço a sugestão! Salvei entre os favoritos. Eu entendo que a vida não deve ser um tributo ao conformismo, do tipo ” veja quanta gente pior do que você. Conforme-se”. Penso que cada um sabe onde aperta o calo do próprio sapato. Se o pé começa a doer é preciso reclamar e trocar o sapato. O que me incomoda é ver quanta gente reclama e reclama e reclama, se ter noção da extensão do que me parece ser o verdadeiro sofrimento.
    Histórias como as publicadas no blog do Peralta e essa história de Ana Amália me chega como um tributo à coragem e à determinação. Não pude deixar de compartilhar.
    Grande abraço e mais uma vez obrigado pela visita e pela sugestão!
    Marcondes

    • marcondes Responder

      Olá Raphael!
      Não sei porquê, passei batido pelo seucomentário!
      Me perdoe!
      Quero te agradecer pela visita ao blog e pelo comentário.
      A história dessa moça muito me sensiblizou.
      São muito os que reclamam tanto por tão pouco.
      Grande abraço e mais uma vez obrigado !
      Marcondes.

  6. CRIS Responder

    Gostaria de ter o contato da Ana Amália, tenho um cunhado com o mesmo caso à 1 ano e meio, achei muito interessante o programa de computador. Se puder me ajudar, desde j[a agradeço.

  7. Edilson Alves Responder

    Bom dia querido Marcondes, também fico emocionado quando vejo pessoas como Ana, nos mostra que viver é bem mais do que pensamos, quantas pessoas estão atrás de tantas coisas, e não percebem que seriam bem mais felizes com bem menos, a vida é bem mais do que conquistas materiais.

    Ósculo Santo!

Deixe uma resposta